fbpx

Bonito e Costa Rica. Novos points do MTB Nacional?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Bonito e Costa Rica. Novos points do MTB Nacional? Seria um exagero pensar assim? Falar que Bonito é um lugar incrível e realmente maravilhoso praticamente beira o trocadilho. Por isso vamos evitar isso… rs

Já Costa Rica não parece ficar pra trás, e apesar de menos comentada que Bonito, parece que também foi um local agraciado com uma vasta riqueza natural.

Por suas belezas naturais já são fortes expoentes do setor de ecoturismo, e seus atrativos possuem sozinhos força suficientes para atrair amantes de tudo que é belo na natureza.

Se não bastasse isso, que se desenhou em 2017 e caminhando para 2019 com o Mundial de MTB 24 Horas é que estas suas belas regiões do Mato Grosso do Sul vão respirar mountain bike.

MTB e Natureza. Um belo casamento

E honestamente acho que a combinação é perfeita, já que os praticantes de MTB tem como pré requisito gostar de natureza na sua mais pura essência. O casamento de um esporte assim com estes dois cenários perfeitos para a pratica de esportes e atividades ao ar livre só pode gerar bons frutos. Evidentemente que cuidados nas gestão dos eventos e uma programação que respeite o “tempo” da natureza são fundamentais.

Observando os maiores eventos que vão ocorrer até 2019 já notamos duas grandes empresas a frente da produção e organização.

Cuidando da Ultra Maratona Brasil Challenge MTB edição 2018 temos a Bonito Paradise SKY, capitaneada por ninguém menos que Thiago Mol. Caso não conheça seu histórico, posso resumir da seguinte forma: este cara é responsável pela evolução do MTB Capixaba.

A frente de um dos eventos mais importantes desta caminhada, o Brasil Ride 24 horas temos ninguém menos que Mário Roma da Roma Comunicação. Este português apaixonado pelo Brasil é o cara que pensou, criou e produz o Brasil Ride. A maior Ultra Martona de MTB das Américas e falada como a mais dura prova de mountain bike do mundo.

Brasil Ride 24 horas na Costa Rica

O Brasil Ride 24 horas na Costa Rica acontecerá em julho de 2018. Tem a importante tarefa de ser o evento teste para o Mundial de MTB 24 horas que ocorrerá em 2019. A organização do Mundial fala em atletas de mais de 70 países e a expectativa é que isto ajude a divulgar a região e movimente a economia.

Estimasse que um evento da proporção do Brasil Ride 24 horas reúna cerca de 800 pessoas apenas contando com os atletas, membros de estafes, voluntários e integrantes da organização.

Brasil Challenge MTB em Bonito

Voltando ao Brasil Challenge MTB, os números também são impressionantes. Em seus 4 dias de provas a movimentação na economia local chegará perto da casa de um milhão de reais. Definitivamente um belo incremento na economia local de qualquer cidade pequeno e médio porte.

Grandes atletas já estão confirmados para o Brasil Challenge. Os participantes amadores parecem ter gostado deste modelo com apenas 4 dias. Alternativa ou boa inicialização para aqueles que sonham um dia disputar um Brasil Ride? Honestamente vejo das duas formas, contudo são provas absolutamente distintas e com identidades diferentes.

O evento tem data marcada para começar em março de 2018.

Bonito e Costa Rica. Novos points do MTB Nacional?

Acredito que no Brasil ainda temos espaço para mais um ou dois eventos assim. Desde que é claro as programações não estejam tão focadas em datas, mas principalmente da divisão geográfica de cada evento.

Bonito e Costa Rica vão respirar mountain bike. Sediarão eventos de grande porte pela frente.

Uma pergunta é inevitável, será que há estrutura para tanto? Nitidamente a intenção dos gestores é fomentar o turismo e a pratica de esportes na região.

Tanto Costa Rica, quando Bonito possuam pousadas e hotéis, além de toda infra estrutura de turismo. Restaurantes, serviços de informações e comércio local não serão um problema.

Com relação a conectividade como internet e redes de celulares confesso que não sei como andam por lá. Não deve ser muito diferente de outros locais com as mesmas características. Afinal, quem vai pra Bonito e Costa Rica quer mais é se desligar.

Como já falei, pelo histórico dos produtores de eventos não me resta duvida quanto a qualidade geral das provas. Também

compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

comenta ai :)

Deixe uma resposta

Gostou do Conteúdo?

Fortaleça o projeto seguindo a gente no Youtube!