fbpx

5 Upgrades Para deixar a sua Mountain bike mais rápida

5 Upgrades para sua Mountain Bike que realmente funcionam e podem te deixar mais rápido nas trilhas e estradões. Veja como aplicar as atualizações a seu favor.

Conheça 5 Dicas de Upgrade que deixam a sua Mountain bike mais rápida, eficiente e confortável. Todos são upgrades testados por ciclistas e que realmente melhoram a performance da sua bike.

Pedalar pode se transformar em estilo de vida, muitos passeios e a descoberta de novos locais mesmo por perto de onde moramos. Mas não é só de pedais pra cachoeiras que vivem os mountain bikers, competições de XCM, XCO e ainda aqueles treinos mais fortes. Tudo isso leva o biker a querer cuidar mais da bicicleta e investir um pouco mais em melhorias que o deixem mais rápido e eficiente.

Upgrades Para deixar a sua Mountain bike
MTB Craton com rodas C26 Carbon Session / Foto: Nataniel Giacomozzi

Além de muita adrenalina, o ciclismo trás diversas vantagens, como qualidade de vida, novas amizades, viagens e principalmente, praticar um esporte competitivo. No caso do Mountain bike, adicione muito contato com a natureza e belas paisagens.

Upgrades Para deixar a sua Mountain bike
Foto: Nataniel Giacomozzi

5 Upgrades para deixar a Mountain Bike rápida

Atualmente, as bikes de MTB (mountain bike) saem de fábrica com uma linha muito diversificada, desde bikes de entrada, até bicicletas praticamente idênticas as usadas pelos grandes campeões da modalidade. Entretanto, sempre existe algo que podemos personalizar para otimizar o rendimento, e um upgrade bem feito pode realmente melhorar o seu desempenho.

Além do mais, colocar a nossa bicicleta do nosso jeitinho é algo realmente bacana e prazeroso ao final.

Como escolher o melhor upgrade para sua MTB?

Existem inúmeras possibilidades de upgrades para todas as modalidades do ciclismo. BMX, Mountain Bike, Road Bike, Gravel, Bikes de Triathlon, Enduro e até mesmo turismo e passeio.

Por tanto, é preciso ficar ligado no que se espera de um upgrade, e qual o objetivo dele. Muitas coisas podem apesentar melhorias, mas nem todas refletem por exemplo, em mais conforto, aerodinâmica e velocidade.

A Session Brasil tem uma linha completa de roupas, acessórios e peças. E você pode conferir todas as possibilidades de atualizações que podem valer a pena visitar um site, clique aqui.

Upgrades Para deixar a sua Mountain bike
Foto: Nataniel Giacomozzi

Upgrade. Os mais buscados pelos ciclistas de Mountain bike

Criamos uma lista de upgrades mais buscados pelos mountain bikers. Notamos que nessa lista, algumas coisas são recorrentes, assim como no ciclismo de estrada, como é o caso das rodas, por exemplo. Algumas dicas de upgrade da lista são perfeitas para ciclistas de níveis intermediários e avançados, mas iniciantes também podem se valer de algumas delas.

Certamente elas vão ajudá-lo a melhorar seu tempo ou sua classificação naquela prova importante para qual tanto está treinando. Ou ainda, aumentar o conforto para aquele pedal mais longo e puxado. Confira!

1 – Upgrade de Selim

Upgrades Para deixar a sua Mountain bike
Especificações: Selim Aero Short

Especificações: Selim Aero Short
Aero Short é moderno, segue a nova tendência de selins planos e curtos, pode ser usado em MTB ou Estrada.

  • Base de fibra de nylon;
  • Trilho em Cromoly;
  • Air Foam (impermeável);
  • Medidas disponíveis 245/145; 245/158; 248/148.

O selim é uma parte fundamental de uma bicicleta, assim como o guidão e os pedais, ele é um dos componentes que fazem contato direto com o corpo do ciclista. Por isso mesmo, é que o selim figura entre um upgrade de conforto e performance ao mesmo tempo. Afinal, tente fazer uma prova longa com um selim desconfortável e me diga se o resultado não é afetado.

O Selim é um item determinante para o conforto e o equilíbrio do ciclista, especialmente para quem treina muito. Fazendo um comparativo, sua compra deve ser tão bem pensada quanto o momento em que comprar uma cama! Afinal, ele não pode gerar feridas e assaduras no ciclista e precisa ajudar na prevenção de problemas lombares e de postura.

Bem como favorecer a transmissão de potencia nas pedaladas, estabilizando o ciclista e gerar “zero” de preocupações. É difícil manter altas potencias enquanto está preocupados com dores ou mal estabilizado.

Upgrades Para deixar a sua Mountain bike
Selim Session Road TT Aero

Não existe modelo único para todas as pessoas, visto que cada ciclista deve experimentar aquele que melhor se ajusta às suas características. Por tanto, o uso de um selim adequado é um item primordial para que o ciclista possa pedalar com conforto e sem dores. 

Para isso, verifique se o tamanho está correto, de modo alinhado com o corpo e disposto na altura ideal. Se você sente desconforto e dor ao pedalar é hora de pensar em trocar o seu selim! É exatamente por isso que ele pode ser considerado um upgrade de desempenho, pois as dores certamente diminuem seu rendimento.

2 – Upgrade nos Pneus da sua Mountain Bike

Upgrades Para deixar a sua Mountain bike
Foto: Nataniel Giacomozzi

Pneu não é tudo igual, e no mundo das bikes não poderia ser diferente. Existem vários tipos de compostos e cada um deles com uma característica especifica.

Os modelos mais duros permitem maior velocidade, enquanto que os mais flexíveis criam maior conforto melhorando a sensação da pedalada em maiores distancias. Apesar de pouco usados no MTB, ainda existem pneus com duplo composto, que tentam unir o melhor dos dois mundos. Bem como ser versátil em terrenos molhados ou arenosos por exemplo.

Upgrades Para deixar a sua Mountain bike
Foto: Nataniel Giacomozzi

Um pneu com mais aderência, com cravos maiores pode resultar em curvas mais seguras e rápidas, especialmente com terreno mais fofo e solto. Contudo, pode perder um pouco de rendimento nos estradões de terra batida e gastar mais facilmente. Já um pneu com cravos mais juntos e menores pode render mais no estradão e nas trilhas mais fluídas e rápidas. Porém, podem ter menos tração e grip para curvas agressivas e subidas íngremes e técnicas.

Então, para escolher os melhores pneus para sua mountain bike será preciso antes de tudo um estudo do tipo de terreno que você mais roda, se em sua região o estradão arenoso é predominante, pense em pneus com cravos menores. Se você é um cara do XCO ou de terrenos muito técnicos, grip e tração devem nortear a sua escolha.

Aqui no blog temos um artigo completo sobre como escolher o melhor pneu para sua mountain bike, confira:
– Mountain bike: A largura ideal dos pneus e como escolhe-los

Como visto no artigo sugerido acima, pneus mais largos estão em evidencia, e realmente tem apresentado melhor performance que os pneus mais finos, especialmente quando combinados com o sistema tubless. Contudo, não se esqueça de verificar primeiro o quadro da sua mountain bike, nem todos “calçam” os pneus mais largos, especialmente os mais antigos. Além disso, o resultado do pneus mais largo é maximizado pela largura interna da roda, e nos vamos falar disso a seguir.

3 – Protetor de aros Session 2.0

Upgrades Para deixar a sua Mountain bike

Lançado como um eficiente protetor de aros, esse componente aos poucos foi ganhando fãs. Cumprindo com fidelidade aquilo que a proposta original propunha, “proteger os aros” da sua mountain bike e gravel, aos poucos os usuários verificaram um benefício extra.

O protetor de Aros Session 2.0 também ajudava a manter o pneu calçado na sua mountain bike, mesmo em utilização e pilotagens extremas. Mesmo quando usado em pneus com muito menos pressão, o sistema mantinha o piloto seguro e praticamente livre das “desimbeiçadas” de pneus, ou seja, o pneus permanecem preso ao aro.

Upgrades Para deixar a sua Mountain bike
Foto: Nataniel Giacomozzi

Outra vantagem surgiu quando usuários de rodas mais antigas perceberam que o sistema deixa os pneus mais calçados nas rodas, mais largos. Dessa forma, poderiam ter pneus mais próximos do desenho original no qual ele foi fabricado, mesmo usando com suas rodas de largura interna menores. Rodas com largura interna mais antigas como 19mm ou 21mm obtiveram bons resultados com o sistema.

Como o Protetor de Aros Session 2.0 funciona.

Você pode ler um artigo mais completo sobre as vantagens do Protetor de Aros Session no artigo abaixo.
– Protetor de Aros Session 2.0. Saiba mais sobre esse upgrade e proteção para suas rodas.

4 – Guidão mais leve e largo

Foto: Nataniel Giacomozzi

Pedais, selim e o guidão; estes são os pontos de contato entre o ciclista e a bicicleta, em qualquer bicicleta. Por tanto, desde a manutenção dos pedais, e sim, pedais também exigem manutenção, a escolha do selim correto e por tanto, um guidão adequado e funcional são sim, itens relevantes quando se fala de conforto e performance.

Na era das bikes aro 26, muita gente optava pela troca do guidão apenas para reduzir peso. Hoje, o peso dessa peça continua a ser um fator se pensarmos em upgrades, porém, com as bicicletas aro 29 dominando totalmente o cenário competitivo no XCO e XCM, bem como nas bikes de passeio o guidão mais largo passou a figurar entre objeto de desejo dos mountain bikers.

Guidão C200 Carbon Session. 780mm com apenas 200 gramas de peso.

Uma boa opção se quer redução de peso e pilotagem, seguida de bom conforto e eliminação das vibrações do terreno, a sugestão é o guidão C200 Carbon Session. O C200 é um guidão de carbono com apenas 200 gramas de peso e comprimento de 780mm.

Com altura 0mm e um backsweep de 9 graus, o Carbon 200 é agressivo para as trilhas mais técnicas, e confortável quando é preciso em uma prova de maratona longa.

Guidão A760 Session. Feito em alumínio e com mesmo back swepe da versão C200 Carbon.

Outra sugestão é o guidão A760, uma evolução do A740 e que agora conta com o mesmo desenho do C200, ambos compartilham as medidas de 9 graus de back sweep e altura zerada. A diferença é que o A760 é feito em alumínio e seu comprimento é de 760mm.

5 – Upgrades em Rodas de Carbono ou Alumínio

Upgrades Para deixar a sua Mountain bike
Roda C26 Carbon Session. 26mm de largura interna do aro e raios Sapim CX Ray. Foto: Edu Costa

Por fim, mas não menos importante e relevantes quando o assunto é: deixar qualquer bicicleta mais rápida e eficiente. Chegamos as rodas! As rodas são consideradas por muitos ciclistas como o melhor upgrade para deixar uma bicicleta mais veloz.

Unanimidade entre ciclistas, as rodas de carbono são consideradas o investimento com maior retorno em desempenho. Mas na verdade, se hoje usa as rodas que provavelmente vieram montadas na sua bike, trocar as rodas por peças melhores certamente lhe trarão um beneficio praticamente imediato.

Uma boa roda, seja ela de carbono ou não, tem impacto significativo na redução de peso da bike, além de melhoria no conforto, na aerodinâmica e nas retomadas de velocidade. Cubos e rolamento mais eficientes permitem que o ciclista economize watts importantes numa prova ou pedal longo. Além disso, boas rodas de carbono também ajudam muito no conforto, absorvendo impactos, minimizando vibrações e perda de tração – especialmente em estradas mais acidentadas.

Rodas A25 Session

o artigo Roda A25: Leve, cubos rolamentos e pronta para tubless, mostramos como mesmo uma roda de alumínio pode ser um grande up em sua MTB. Vale a pena conferir, pois a roda A25 Session é um grande sucesso de critica e vendas, com centenas de usuários satisfeitos.

O sucesso da A25 se da pela sua confiabilidade, performance, baixo peso e por apresentar o melhor custo benefício do mercado. Com a largura interna de 25mm, vai calçar muito bem pneus com medidas acima de 2.1 e deixá-los com a largura ideal, conforme o projeto do fabricante dos pneus.

Rodas C26 Session

Na verdade, rodas de carbono são objeto de desejo de todos os ciclistas, seja um Mountain biker ou Triatleta as rodas de carbono estão na lista dos ups que trazem grande aumento de desempenho.

As rodas C26 são outro grande sucesso da linha de rodas da Session, que são confeccionadas em Taiwan, na mesma fábrica das marcas mais renomadas do mundo. Usam aros full carbon feitos a mão e já trazem o sistema hookless, que consistem num aro sem borda, tornando-o mais leve e resistente a pancadas verticais.

Foto: Nataniel Giacomozzi

A C26 tem 26mm de largura interna da roda, proporcionando um pneu bem calçado e com mais grip em curvas e tração em subidas técnicas. Além disso, proporciona mais poder de frenagem em todas as situações, já que seu projeto favorece o formato do pneu, permitindo uma superfície de contato com o solo mais uniforme.

Além disso, a C26 usa raios Sapim CX Ray, os mais leves do mercado (feitos em aço inox, com peso de titanium) e os consagrados Cubos Session Six Monkeys, leves e resistentes com  4 rolamentos japoneses, 6 macaquinhos e 102 pontos de encaixe, resistência, precisão e alta performance.

Os melhores upgrades para sua bicicleta. Session Brasil

Session Brasil oferece todo o suporte aos usuários dos seus produtos e garante a qualidade das peças fabricadas. As nossas rodas, componentes, ferramentas e peças foram criadas com foco no ciclista em no nosso lema: We Make You Faster.

Mostrar mais

Edu Costa

Pai, Marido e Ciclista amador, praticante de MTB e Gravel que adora competições e procura novas rotas e aventuras com a bike. Acredita no poder transformador do esporte e por isso compartilha experiências e informações. Escreve sobre o ciclismo Road Bike e Mountain Bike desde 2009 em seu primeiro projeto e agora é o fundador e editor do Mountain Bike Brasil

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Gostou do Conteúdo?

Fortaleça o projeto seguindo a gente no Youtube!